Nowtrip
Travel Lifestyle

De volta à estrada

Aqui estou eu a embarcar, outra vez, numa nova aventura. A verdade é que não consigo estar muito tempo no mesmo sítio e depois de quase um ano em terra firme, o corpinho já pedia mais adrenalina. E porque como é notório eu sou muito feliz a viajar, as fotografias não mentem 🙂

É com toda a sinceridade que digo que tentei. Tentei mesmo voltar aos dias de rotina, de trabalho das 9 às 18h e a tudo o que isso implica. Tentei mas estava a falhar redondamente nos meus objetivos e convicções. Para muitos estava bem, de novo com um trabalho em Lisboa e com tudo encaminhado para ter uma vida dita “normal”. Trabalho até às 18h, ginásio e casa (pelo meio alguns encontros com amigos mas de resto tudo se repetia dia após dia).

Muitas pessoas me dizem “a vida é assim mesmo”. E eu pergunto, mas porquê? É uma regra? Temos de nos contentar com o “a vida é assim” e “a vida não é fácil”? E que tal tentar contornar esses factos e fazer deles uma motivação para fazer mais, fazer mais por nós?! Sei que isto são os meus 24 anos a falar e que com eles estão os pensamentos de que tudo é possível mas e se não for agora quando é que vou colocar tudo em perspectiva e pôr a vida a girar na direção que desejo? Se não for agora que ainda não tenho grandes responsabilidades, quando é que vou trocar a típica frase portuguesa do “vai-se andando” pelo “vai-se andando muito bem”?

Não sou especial e nem quero ser diferente só por teimosia. Quero apenas aproveitar a vida da melhor forma, acredito que podemos tornar a nossa vida melhor se optarmos por satisfazer alguns dos nossos objectivos ao invés dos estereótipos e regras da sociedade. No meu caso a premissa é simples, o quer que seja que eu decida fazer quero garantir que me vai fazer feliz ou, pelo menos, mais realizada e motivada. A felicidade não é o meu ponto de chegada, muito menos o meu pote de ouro no fim do arco-íris mas é a minha motivação.

Não procuro o melhor emprego e carreira para conseguir adquirir melhores viagens, uma boa casa, um bom carro ou um armário cheio de roupa. Procuro encontrar algo que me faça sentir realizada e que com isso venha tudo o resto. Está provado que pessoas mais felizes conseguem alcançar com mais facilidade os seus objetivos. Portanto, o meu objetivo primário é tornar-me cada dia mais motivada e saber que daí virão projectos mais felizes. E quem sabe, uma vida do caraças!

E atenção, eu não ambiciono ser o senhor contente todos os dias, até porque isso também é aborrecido. A ideia é não ser frustrada todos os dias.

Ps: estarei pelo Norte da Finlândia uns meses, mais especificamente na Lapônia 🙂

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply